World Pride Madrid 2017 é a grande festa mundial do Orgulho LGBT, cujo epicentro se situa no bairro de Chueca, e que se estende às principais ruas de Madrid. Um grande festival, distribuído por vários palcos da cidade, com concertos e festas ao ar livre, e eventos de arte, cultura, conferências e desporto, cujo ato central é a Manifestação Mundial do Orgulho LGBT.

O maior evento mundial para a comunidade LGBT, e para todas as pessoas que queiram sair à rua para celebrar, mostrar e reivindicar a diversidade. Madrid une-se a esta celebração com um extenso programa de atividades culturais, que inundam as principais vias e praças da cidade: música, dança, artes cénicas, artes plásticas, literatura, competições desportivas, conferências, atividades infantis…

O programa do World Pride 2017 começa com a cerimónia de abertura (22 de junho) e termina com a cerimónia de clausura (2 de julho).  Durante uma semana repleta de actividades que incluem a celebração da Conferência Internacional de Direitos Humanos (26-28 junho), o Pride Park (espaço cultural e de exibição em estandes para organizações, associações e empresas nacionais e internacionais orientadas ao coletivo LGBT), um plano completo de actividades especiais para o Conselho de Administração (board) e os membros de Interpride que assistam ao World Pride ou um Festival Internacional de Cultura.

O evento central de World Pride Madrid 2017 é a Pride Parade, a grande manifestação mundial do Orgulho LGBT, em que mais de 3 milhões de pessoas e associações procedentes de todo o mundo percorrerão as principais ruas da cidade, num ato de celebração e reivindicação da diversidade e da igualdade de direitos.

Um evento histórico

O evento World Pride pode ser concedido a cada 4 anos ou excepcionalmente a cada 2 mas sempre por umas razões concretas. No caso de Madrid, além do 40º aniversário das primeiras manifestações LGBT na Espanha, marcam os 30 anos das primeiras celebrações no bairro de Chueca, 20 anos dos primeiros carros alegóricos na manifestação e 10 anos da celebração do Europride (Orgullo gay europeu) em Madrid. São várias as cidades que já acolheram o World Pride: Roma, Jerusalém, Londres e Toronto. Por decisão da última assembléia geral de Interpride em Las Vegas, se celebrará em 2019 em Nova York coincidindo com o 50º aniversário de Stonewall, início dos primeiros movimentos de reivindicação LGBT no mundo.

Da mesma forma, no próximo ano, coincidindo com o World Pride, Madrid acolherá o EuroPride 2017. A cidade será anfitriã, portanto, dos dois eventos mais relevantes para a comunidade LGBT mundial.

O impacto económico do Orgullo LGBT para a cidade é estimado a cada ano em aproximadamente 110 milhões de euros e para o World Pride estima-se um retorno económico para Madrid que supere os 300 milhões de euros.