O site de pesquisas “Pew Research Center” divilgou uma pesquisa que mostra que, em 2017, 52% dos muçulmanos dos Estados Unidos acreditam que “a homossexualidade deve ser aceita pela sociedade”.

O índice representa aumento significativo, se for considerado que o indicador era de 29% em 2011 e de 27% em 2007, além de sugerir que os islâmicos aceitam mais a homossexualidade do que os evangélicos, já que os dados mostram que apenas 34% destes cristãos acreditam que a homossexualidade deve ser algo aceito pela sociedade.

Apesar de ser um número baixo, o resultado demonstra um aumento na aceitação, que era de apenas 29% em 2011 e 23% em 2006. Entretanto, os islâmicos não lideram as religiões que mais aceitam os homossexuais: na ponta do ranking estão os protestantes (76%), seguidos dos católicos (66%).