Home Geral Castro – Conheça o bairro gay de São Francisco

Castro – Conheça o bairro gay de São Francisco

São Francisco é conhecida por ser uma cidade gay, mas o que muita gente não sabe é que a maior parte da comunidade se concentra numa só área, o famoso Castro. O bairro é uma espécie de paraíso gay, com bandeiras do arco-íris hasteadas por todas as ruas e dezenas e mais dezenas de bares, cafés, restaurantes e lojas, todos lotados de gente do babado. O bairro tem também algumas atrações históricas importantes da cidade, entre elas museus, igrejas e teatros antigos. Confira as dicas sobre o bairro gay de São Francisco e saiba o que ver e fazer por lá!

Como chegar no bairro gay de São Francisco

O Castro fica um pouco distante do centro de São Francisco, mas como há uma estação de metrô próxima, fica fácil chegar lá. O bilhete custa apenas $1,75 cada trecho, e pode ser comprado em uma das estações usando as máquinas disponíveis. O metrô de São Francisco não é muito extenso, e todas as linhas passam pela estação que fica perto do Castro, a 16th Street. Se estiver hospedado no centro da cidade, basta pegar um dos trens indo na direção do aeroporto.

Se você tem interesse em saber mais sobre pontos turísticos históricos do bairro, pode fazer uma visita à igreja de nossa senhora Dolores, a basílica localizada a poucos quarteirões do burburinho do Castro. Por $5,00 dólares dá para visitar a igreja menor que fica vizinha, uma das 19 missões de catequização dos índios, criada depois da chegada dos espanhóis na Califórnia no século XVIII.

Mas se o que você procura é mesmo badalação, caminhando pela 16th Street você chega bem no centro do Castro. Naquela região se encontram vários bares e restaurantes legais, como o Café Flore, que tem mesas na calçada, onde dá para aproveitar a paisagem enquanto se delicia com a comida e com os drinks do lugar. As especialidades lá são os coquetéis, vendidos em jarras ou em copos. O Café Flore é perfeito para um brunch casual.

O público que circula pelo Castro é em sua maioria de pessoas que moram na região, e a comunidade parece ser bem unida. Todos são bastante amigáveis, e você não terá problemas em fazer amizades. Basta sentar numa mesa, pedir a sua bebida e com certeza em algum momento o papo com o pessoal da mesa ao lado vai fluir.

Logo de frente para o Café Flore fica o Lookout, um dos mais agitados bares gays de São Francisco. A música bomba a qualquer hora do dia, principalmente no domingo, quando o bar fica ainda mais cheio. O bar tem varandas de onde as beldades que lotam o lugar ficam vendo o movimento da rua (e de onde são vistas por que está passando na frente).

A dois quarteirões de lá fica a Castro Street, a principal rua da região, onde fica o famoso Teatro Castro, que dá nome ao bairro. O teatro foi construído em 1920, e é um dos únicos teatros dos anos 20 ainda em funcionamento nos Estados Unidos. O exterior é lindo, e vale a pena parar lá para fazer algumas fotos.

Ainda na Castro Street ficam outros bares gays de São Francisco, como o 440 Castro e o o Q Bar. Se você está procurando um lugar pra dançar, pode conferir também o The Café, que é uma das mais famosas boates gays de São Francisco, localizada na 18th Street.

Também na 18th Street fica um outro ponto de interesse do público gay, o GLBT History Museum, com exibições que mostram documentos e fotos do passado gay de São Francisco (são mais de 100 anos de história) cedidos pela Sociedade Histórica GLBT da cidade.

Se você ainda não reservou seu hotel em São Francisco (ou em outra cidade dos Estados Unidos), clique aqui para conferir a nossa lista de hotéis e albergues gays nos Estados Unidos.